Rumos em Rondônia

De hoje até sexta-feira, o Rumos Teatro estará Porto Velho, Rondônia, onde integra a programação do Festival Amazônia Encena na Rua 2012.

Para começar, tem a oficina Composições para a Cena, com o ator Marcelo de Castro, do grupo mineiro Espanca!, a semana toda (23 a 27 de julho), no Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, das 9h às 12h. A oficina introduz a ideia de composição para o trabalho do ator por meio do treinamento dos “pontos de vista”, uma técnica de improvisação com origem na dança, inicialmente criada pela coreógrafa Mary Overlie. Por meio de exercícios físicos, os conceitos serão explorados de modo a permitir que um grupo de atores/bailarinos trabalhe intuitivamente na criação de eventos teatrais.

No dia 25 (quarta-feira), às 9h, também no Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, acontece a exibição do documentário Evoé! Retrato de um Antropófago, de Tadeu Jungle e Elaine Cesar, sobre o diretor, ator e dramaturgo Zé Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina. O filme retrata viagens a quatro pontos importantes de sua trajetória: o Sertão da Bahia, Praia de Cururipe em Alagoas (onde o Bispo Sardinha foi devorado), Epidaurus e Atenas, na Grécia, e seu apartamento em São Paulo. O documentário faz parte da série ICONOCLÁSSICOS, lançada em 2011 pelo Itaú Cultural, com trabalhos sobre Itamar Assumpção, Paulo Leminski, Nelson Leirner e Rogério Sganzerla.

Difusão Rumos Itaú Cultural Teatro em Porto Velho
Na programação do Festival Amazônia Encena na Rua 2012

Oficina do Grupo Espanca, com Marcelo de Castro
De 23 a 27 de julho (segunda-feira a sexta-feira), das 9h às 12h
Capacidade: 20 pessoas
Classificação Indicativa: 15 anos

Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Avenida Farquar, s/n, Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Porto Velho, Rondônia

Apresentação do documentário Evoé
Dia 25 de julho de 2012 (quarta-feira), às 9h
Capacidade: 150 lugares
Classificação Indicativa: 16 anos
Ingressos: Gratuito / aberto ao publico
Mais informações: tapiri.oimaginario@gmail.com

Galpão II, Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Avenida Farquar, s/n, Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Porto Velho, Rondônia

Brasília com teatro

A partir de amanhã, dia 17, até 29 de julho (domingo), o Rumos Teatro participa do 13º Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília. Na última semana, a caravana esteve em Blumenau, para o 25º Festival Internacional de Teatro Universitário (Fitub) da cidade.

Em Brasília, a programação começa com a oficina Ator no Processo Colaborativo, conduzida pelos fortalezenses do Grupo Bagaceira e dos recifenses do Coletivo Angu, reunidos também pelo programa Rumos Teatro. Nos dias 21 e 22 de julho, das 14h às 17h, o Grupo Bagaceira pilota os trabalhos, no dia 23, no mesmo horário, a oficina fica por conta do Coletivo Angu, e no dia 24 de julho, os dois grupos trabalham conjuntamente. O objetivo dos exercícios, voltados a atores e estudantes de teatro, é inserir fundamentos básicos de dramaturgia e construção cênica e de que modo a compreensão destes pode ajudar o ator em processos colaborativos.

Também será exibido o documentário Evoé! Retrato de um Antropófago, de Tadeu Jungle e Elaine Cesar,  sobre o diretor, ator e dramaturgo Zé Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina. O filme retrata viagens a quatro pontos chave de sua trajetória: o Sertão da Bahia, Praia de Cururipe em Alagoas (onde o Bispo Sardinha foi devorado), Epidaurus (morada de Sêmele, mãe de Dionísio) e Atenas, na Grécia, e seu apartamento em São Paulo. O documentário faz parte da série ICONOCLÁSSICOS, lançada em 2011 pelo Itaú Cultural, com trabalhos sobre Itamar Assumpção, Paulo Leminski, Nelson Leirner e Rogério Sganzerla.

Rumos Teatro no 13º Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília

Oficina Ator no Processo Colaborativo
21 e 22 de julho, das 14h às 17h – Grupo Bagaceira
23 de julho, das 14h às 17h – Coletivo Angu
24 de julho, das 14h às 17h – Grupo Bagaceira e Coletivo Angu
Ingressos: Gratuito, aberto ao público
Endereço: Sala Multiuso – 508 Sul – Via SCLN, 205, bloco C, loja 25, Gama – Brasília, DF
Telefone para informações: (61) 3349-3937

Documentário EVOÉ! – Retrato de um Antropófago
21 de julho, às 17h30
Capacidade: 85 lugares
Ingressos: Gratuito, aberto ao público
Classificação indicativa: 16 anos
Endereço: Complexo Cultural Museu Nacional da República

Rumos Teatro chega a São Luís

Caçula dos editais, o Rumos Teatro saiu cedo de casa e começa hoje a etapa de difusão do programa pelo país. De hoje até a próxima quinta-feira, e no sábado, dia 9 (sábado), a trupe pousa em São Luís, onde participa da programação do Conexão Dança.

Para começar, tem a oficina que os catarinenses do ERRO Grupo e os paranaenses da Cia Silenciosa realizam de 4 a 7 de junho, na Sala de Dança do Centro de Ciências Humanas (CCH) da UFMA, das 12h às 17h. A ideia é colocar os 20 inscritos em contato com os experimentos que os dois grupos desenvolveram juntos, sobre a presença cênica e suas mediações em Florianópolis, Curitiba e São Paulo.

No dia 6, quarta-feira, às 10h, ainda no CCH, acontece a exibição do documentário Evoé! Retrato de um Antropófago, de Tadeu Jungle e Elaine Cesar,  sobre o diretor, ator e dramaturgo Zé Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina. O filme retrata viagens a quatro pontos chave de sua trajetória: o Sertão da Bahia, Praia de Cururipe em Alagoas (onde o Bispo Sardinha foi devorado), Epidaurus (morada de Sêmele, mãe de Dionísio) e Atenas, na Grécia, e seu apartamento em São Paulo. Este que vos escreve viu o filme cinco ou seis vezes, e recomenda todas elas – bem como os demais filmes da série ICONOCLÁSSICOS, lançada em 2011 pelo Itaú Cultural, sobre Itamar Assumpção, Paulo Leminski, Nelson Leirner e Rogério Sganzerla.

Mas onde estávamos, nobre leitor, valiosa leitora? Ah, São Luís, dia 9, sábado: às 17h, no glorioso Chico Discos, a gerente do Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, Sonia Sobral, encerra a participação do Rumos Teatro no Conexão Dança, com uma conversa sobre produção e pesquisa na área. Ela também apresenta ao público o livro Próximo Ato: Teatro de Grupo, lançado em 2011 pelo instituto, dentro da Mostra Rumos Teatro. A obra apresenta 25 textos de autores como Beatrice Piccon-Vallin, Erika Fisher, Beth Néspoli, Luis Fernando Ramos, Edelcio Mostaço, Silvia Fernandes, Celso Frateschi, Oscar Cornago e Kil Abreu.

Quer saber mais? Siga abaixo e vá em frente, conferir a programação.

SERVIÇO
Difusão Rumos Itaú Cultural Teatro em São Luís
Na programação Conexão Dança
Informações: conexaodanca.slz@gmail.com

Oficina Grupo Erro e Companhia Silenciosa
De 4 a 7 de junho de 2012, das 12h às 17h
Capacidade: 20 vagas
Inscrições: pelo site http://www.wix.com/conexaodanca/blog
Classificação Indicativa: 16 anos

Apresentação do documentário Evoé
Dia 6 de junho de 2012, às 10h
Capacidade: 100 lugares
Classificação Indicativa: 16 anos
Entrada franca

Universidade Federal do Maranhão
Centro de Ciências Humanas
Avenida dos Portugueses, s/n, Bacanga

Bate papo com Sonia Sobral e apresentação do livro Próximo Ato
Dia 9 de junho de 2012 (sábado), 17h
Capacidade: 60 lugares
Classificação Indicativa: livre
Entrada franca

Chico Discos
Rua de São João, 389B, esquina com Afogados, Centro

Rumos Teatro a semana inteira

Nesta sexta-feira, 26 de agosto, tem início a Semana Rumos Teatro, que acontece no Instituto Itaú Cultural, em São Paulo, até o dia 3 de setembro. Uma semana promovida pelo Rumos Teatro e dedicada à teoria, prática e processos criativos desta arte, reunindo cerca de 200 artistas, de 12 estados do país, em apresentações, intervenções e conversas sobre seus métodos de pesquisa com o público.

A abertura da Semana, às 20h, será feita pelo ensaísta e professor de arte, tecnologia e cultura Laymert Garcia dos Santos. O tema da fala do professor é “Teatro, Mito, História e Tecnologia. Considerações sobre a Atualidade da Articulação entre os Quatro Termos”. A partir do sábado, dia 27, em vários horários, os projetos serão abertos ao público. E no dia 2, às 20 horas, a professora Cecília Salles realiza a palestra “Processos de Criação em Rede. Interações como Espaços de Possibilidade”.

O encerramento dos encontros ocorre no dia 3 de setembro, às 15h30, quando as professoras Cecília Salles, Eleonora Fabião e Cristiane Paoli Quito se encontram com os participantes da Semana, em um balanço das conversas. Confira a programação completa e programe-se!

Rumos 2010: resultados de outubro a dezembro

Tá chegando: os resultados da seleção do Rumos 2010 serão divulgados até o fim do ano. Veja abaixo quais são as datas previstas em cada categoria:

Teatro: até 30/10. A comissão estará imersa na seleção no fim de setembro.

Pesquisa: até 20/12. A data segue o edital, mas os resultados podem vir até o fim de novembro.

Literatura: 27/10.

Música: até 30/11. Os resultados também podem sair mais cedo.

Paciência e dedos cruzados, leitor!

Rumos Teatro tem inscrições prorrogadas

E os candidatos ao Rumos Teatro acabam de ganhar um mês a mais para acertas os pontos dos seus projetos: foram prorrogadas para 30 de julho as incrições na carteira, que tem como finalidade promover o intercâmbio entre teatros de grupo com práticas contínuas de pesquisa de todas as regiões do Brasil. As inscrições podem ser feitas no site do Itaú Cultural, e o material que deve ser enviado por correio pode ser postado até 31 de julho.

Lembrando ainda que o Rumos Literatura tem inscrições abertas até 31 de julho, enquanto que as do Rumos Música e do Rumos Pesquisa vão até 30 de junho. Não vá perder a hora, hein?

No rumo do Rumos Teatro e tem mais

Começo a quarta te lembrando o que você já sabe, hipertextual leitor, que hoje começa o giro do Rumos Pesquisa sobre o qual falei uns posts atrás, hoje no Rio, amanhã em Porto Alegre, em Belém na sexta. E sigo dizendo que tem mais: nos mesmos dias, em cidades diferentes, tem seminário do Rumos Teatro. Começando por Natal, logo mais, às 19h, o dramaturgo José Fernando Azevedo começa os trabalhos discutindo teatro de grupo. A partir da quinta, emendando na sexta, tem dois papos em Vitória. E não pense que é isso, ou melhor, só isso, e apenas. Vem aí novidade do Rumos Literatura, e mais não conto, quer dizer, até o próximo post, daí conto. Numa tela perto de você.