As caras novas do (Rumos) Jornalismo Cultural

Porque enquanto profissionais, estudantes, curiosos e estudiosos refletiam, discutiam, espiavam e propunham rumos renovados para o jornalismo cultural, rumoroso leitor, a nova safra de rumeiros aportava na Sampalândia para a abertura oficial de suas atividades — que incluiu o Colóquio, sim, mas não só. Abaixo, registros da visita que a turma fez à redação do Terra, portal parceiro de empreitadas (como o Media On) do Itaú Cultural. Recebidos pelo editor-chefe Edson Rossi e conduzidos pelo diretor de conteúdo Antonio Prada (que participou de uma mesa no Colóquio) e pelo diretor da TV Terra Everton Constant (membro da comissão de seleção da carteira Estudante do Rumos), a nova rumaria foi acompanhada ainda pela madrinha de todo rumeiro Babi Borghese (que deu os cliques abaixo) e por José Castello, escritor, jornalista e editor do laboratório do qual a turma participa ano que vem. É mole ou quer mais?

Edson Rossi (editor-chefe do Terra, à direita) apresenta a redação a estudantes e professores selecionados. O cavalheiro de sobrancelha erguida no canto esquerdo é o escritor e jornalista José Castello, editor do Laboratório do qual os estudantes participam no próximo ano

De costas, Antonio Prada (diretor de conteúdo do portal) explica como funciona a redação. À direita, o diretor do TV Terra, Everton Constant, que fez parte da comissão de seleção da Carteira Estudante

Outro ângulo para a mesma conversa

E o descanso após 1h30 de visita

Se perdeu, não perca

Patrícia Canetti contando como contou com o acaso o nascimento do Canal Contemporâneo, Paulo Fehlauer mostrando que dá certo sim investir num modelo de negócio alternativo desde que você acredite nele, como ele acredita neste indivíduo coletivo chamado Coletivo Garapa, José Marcelo Zacchi contando como, em menos tempo do que o esperado para seus próprios criadores, o Overmundo se tornou um dos mais bem-sucedidos sites colaborativos do solo brasileiro, quer dizer, virtual. E você não viu?

Antonio Prada narrando as aventuras de alguém que, já em meados dos anos 90, largou a vida de jornalista impresso para apostar nas novas mídias, José Eduardo Gonçalves dividindo os dilemas de uma excelente TV, que agora precisa entender que a televisão está em todos os lugares e em mil e uma mídias além dela mesma. E ambos trocando idéias sobre o perfil do (bom) jornalista no ambiente de convergência de mídias e de funções. E você não estava lá?

Adalto Novaes explicando que o termo “crise” não dá conta de explicar o momento histórico pelo qual passamos, propondo por isso a idéia de “mutações”. Eugênio Bucci refletindo sobre a dilatação do presente, esse nosso tempo de estar fazendo, de gerundiando, e sobre o papel da imprensa na democracia, Franklin Leopoldo e Silva alertando para o fato de que o tempo da informação desacompanhado do tempo da reflexão conduz apenas à passividade, Alberto Pucheu pensando os pontos de contato e atrito entre jornalismo, literatura e filosofia, e essa você também perdeu?

Não marque touca, amigo leitor, confira a programação de hoje do VI Colóquio Rumos Jornalismo Cultural e pinte lá.

149 clicks em um só lugar

Muita água tem rolado sob a ponte do Rumos Itaú Cultural 2009, aquático leitor, mas aqui as páginas passadas não são viradas — elas viram links ali na parte superior do blog. Enquanto a turma em Boa Vista (RR) mantém os olhos e ouvidos atentos e a mão na massa na oficina Blogs, Estilos Textuais e a Construção da Reputação em Rede, com Fabio Malini, enquanto a caravana não passa na sua cidade, enquanto você descansa entre uma etapa e outra do projeto que está escrevendo para o Rumos, viaje, divague, navegue e divirta-se com a compilação de sites de cultura preparada pelo Rumos Jornalismo Cultural.

Explicando. Entre 2004 e 2006, ao longo das duas edições passadas do Rumos JC, uma turma de pessoas parceiras do Itaú Cultural foi inquirida, interpelada mesmo, acerca de bons lugares para se passear na rede. Alberto Villas, André Vallias, Antonio Prada, Cremilda Medina, Daniel Piza, Francisco Karam, Gabriel Priolli, Guilherme Kujawski, Israel do Vale, José Castello, Juarez Fonseca, Kiko Ferreira, Liane Milanês, Maria Hirszman, Robinson Borges, Rogério Pereira, Sergio Vilas-Boas e Teixeira Coelho são estas pessoas. E os lugares são esses aqui, quer dizer, ali, ali em cima no link Banco de Cultura.

Mas você que é de Boa Vista, não vá se atrasar. Guarde com carinho a dica dos links mas não esqueça que na sequência da oficina do Malini, às 19h, o coreógrafo, diretor e intérprete Marcelo Evelin soma à caravana Rumos a palestra Processos de Criação na Dança. Que questões trazem o corpo? Como podemos identificá-las e discuti-las? Sobre estas e outras questões Evelin conversa hoje, no Laboratório do CCT da Universidade Federal de Roraima.