Rumos Jornalismo Cultural 2010: tenha já na sua estante

Amigo leitor, amiga leitora, você que ora transita pelo mal-traçado destas linhas, re-bem-vindo, venha mesmo, venha vindo que já começou mais uma edição do Rumos Itaú Cultural, essa viagem de muitos começos, destinos, re-começos e caminhos, idas e vindas e veja: para começar, que tal conferir gratuitamente, no conforto da sua tela, duas publicações que resultaram da última edição do Rumos Jornalismo Cultural, hein? Pois é, com edital novo na praça o Rumos Jota-Cê ainda colhe os frutos de edições passadas, colhe e espalha, é claro.

Pois bem. O primeiro dos volumes é o Mapeamento do Ensino de Jornalismo Digital no Brasil em 2010, trabalho pioneiro, resultante de oito meses de pesquisa dos professores selecionados da última edição do programa. A partir do diálogo com universidades de todo o Brasil, o livro oferece um panorama do ensino do jornalismo online e, de quebra, dos cursos de comunicação do país.

Já o segundo é resultado direto do Colóquio Rumos Jornalismo Cultural, que reuniu estudantes, jornalistas e pesquisadores para discutir o lugar do jornalismo em meio às mudanças tecnológicas e às demandas de mercado que há pelo menos dez anos viraram de cabeça para baixo a profissão. Ali, numa das mesas, os editores Luis Antonio Giron, Matinas Suzuki Jr. e Guillermo González foram desafiados a apresentar algumas propostas fundamentais para a criação duma revista de cultura. A mediação do papo foi feita pelo jornalista e escritor José Castello, que assim nomeou a empreitada: princípios inconstantes. E não deu outra: pRINCÍPIOS iNCONSTANTES virou livro, apresentando ao leitor a síntese do que se pensou naqueles dias.

Estas e outras publicações estão disponíveis no canal do Itaú Cultural no Issuu. Clicaê que vale a pena.

Anúncios

Vai dar samba!

Rumos Música Coletivo anuncia seus selecionados e é dada a largada para o intercâmbio e a experimentação musical.

Piano, cravo, sintetizadores, uma viola e ela na voz. Daniella Gramani encarou o desafio, inscreveu-se no Rumos Música Coletivo, foi selecionada, e agora vai conviver e criar com os músicos – também selecionados pelo programa – Muepetmo e Fabrício Conde. E esta é apenas uma das combinações inusitadas que vêm por aí!

A edição 2010-2012 do Rumos Música, além das carteiras Mapeamento, Homenagem e Infantil, investiu no nascimento de novos grupos musicais – duos, trios, quartetos ou quintetos – a partir da junção dos diferentes músicos selecionados.  A comissão de seleção – formada por Jards Macalé, Pio Lobato, Debora Pill, Wado, Alessandra Leão, GOG, Ynaiã, Julio Rizzo, Marcelo Brissac, Jarbas Cavendish e um representante do Itaú Cultural, Edson Natale, – fez a seleção dos músicos baseada no material enviado e ficou encarregada de indicar as parcerias que se formarão. Quanto aos critérios, foram poucas as regras e muitas as apostas na mistura e no talento dos artistas para o inusitado.

O ano de 2011 será marcado por uma série de encontros onde esses músicos terão a oportunidade de se conhecer melhor, criar em conjunto e ensaiar para a grande apresentação ao vivo, que você vai conferir no Itaú Cultural em 2012. Até lá, você é nosso convidado especial para acompanhar todo o processo desse verdadeiro laboratório de criação musical!

Por enquanto, conheça os selecionados e a mistura musical proposta pelo Rumos. E não deixe de assistir ao vídeo do primeiro encontro realizado entre eles!


•    Délia Fisher [fender rhodes, voz e piano – Rio de Janeiro, RJ], Loop B [percussão/tanque de Chevette – São Paulo, SP], Guilherme Darisbo [guitarra – Porto Alegre, RS] e André Siqueira [baixo e violão – Londrina PR].

•    Ricardo Herz [violino – São Paulo SP] e Samuel Costa [acordeon – Santo Antônio da Patrulha – RS].

•    Vanja Ferreira [harpa – Rio de Janeiro, RJ] e Itamar Vidal [clarinete – São Paulo, SP].

•    Youngman/Jovem Palerosi [programação eletrônica – São Carlos, SP], Jucilene Buosi [voz – Pouso Alegre, MG], Di Freitas [rabeca e violoncelo – Juazeiro do Norte, CE] e Vanessa Longoni [voz – Porto Alegre, RS].

•    Renato Savassi [flauta, sax, bandolim, violão e clarinete – São Paulo, SP] e Carlos Amaral [ viola caipira e violão 7 cordas – São Paulo, SP].

•    Muepetmo/Fabio [piano, cravo e sintetizadores – São Paulo, SP], Fabrício Conde [viola – Juiz de Fora, MG] e Daniella Gramani [voz – João Pessoa, PB].

•    Paulinho Cardoso [acordeom – Porto Alegre, RS], Fabio Presgrave [violoncelo – Natal, RN], Silvério Pessoa [voz – Recife, PE] e Ligiana [voz – Brasília, DF].

•    Fernanda Cabral [voz – Brasília, DF], Rafael Piccolotto [sax, trompete e flautas – Campinas, SP], Angelo Primon [violão e viola – Porto Alegre, RS] e Denni Pontes [percussão – Sorocaba, SP].

•    Arismar do Espírito Santo [bateria/baixo – São Paulo, SP], Antonio Loureiro [vibrafone – Contagem, MG], Zé Jarina [voz – Rio Branco, AC], Tiago de Moura [guitarra – Passo Fundo, RS] e Chico Correa [guitarra e programações – João Pessoa, PB].

Rumos, repercussão

Navegando por aí você encontra, desbravador leitor, a repercussão da notícia da prorrogação das inscrições do Rumos 2010 (lembrando, que não custa lembrar, que o edital de Literatura permance aberto até o dia 13). Desde o Plug Cultura, blog da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, até o Consórcio Cultural, dedicado a notícias sobre políticas públicas de cultura e ações culturais. E muitos nomes próprios: a Lara, a Luciana, o Carlos, a Cris, o Kovacs, o Adriano, a Gláucia. E é assim, leitor parceiro, amiga leitora, porque o programa é feito pra você. E você, você, e aquele lá, sim, você mesmo.

Postais da Anpoll

[O leitor ficou sabendo e agora tem provas: a expedicionária Babi Borghese voltou de viagem e trouxe uma série de postais contando o que viu e o que não viu em BH durante o encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Letras e Linguística. É só clicar que amplia:]

Lagoa da Pampulha + Mineirinho, Mineirão e Igreja. Tem coisa mais mineira que esse postal?

O cartaz do evento...

...e o local

Stand do Itaú Cultural tem lugar de destaque no ENANPOLL

Babi conversa com o professor João Luís Ceccantini, da Faculdade de Letras da Unesp/Assis

Sala cheia: cerca de 1000 pessoas estiveram presentes no evento

Todos de olho: pausa para ver Brasil x Holanda

Vista do campus: dia de jogo é assim...

...e, melhor ainda, assim

Prorrogadas inscrições do Rumos Literatura

Chegamos em julho à reta final das inscrições do Rumos Itaú Cultural 2010, fiel leitor deste folhetim virtual, mas não ao fim das novidades e boas novas: agora é a vez do Rumos Literatura adiar o prazo das inscrições e aliviar a pressão dos relógios dos candidatos. Ao invés do original 30 de julho, agora o potencial rumeiro tem até 13 de agosto para enviar seu projeto. Confira o edital, acerte os ponteiros e boa sorte!

Começa hoje encontro nacional da Anpoll

Está dada a largada pro 25º encontro nacional da Anpoll — Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística, na Faculdade de Letras da UFMG, em Belo Horizonte. O ENANPOLL vai até o dia 03, e entre GTs, plenárias e debates, a expedicionária Babi Borghese, do Núcleo Diálogos do Itaú Cultural, marca presença e sobe no caixotinho de divulgação do Rumos Literatura entre pós-graduandos de Letras de todo o Brasil. A Anpoll, você sabe, é parceira do Rumos Literatura e representante política dos Programas de Pós-Graduação em Letras e Linguística a ela associados. Atua junto às agências de fomento e aos fóruns responsáveis pelas políticas de pesquisa e pós-graduação no país. Atualmente possui 93 programas filiados, e 32 grupos de trabalho (famosos GTs).