Como se constrói uma oficina

vitoria_002

Em Vitória foram 30 oficinandos, incluindo profissionais da imprensa capixaba e professores da UFES

 

Você sabe, José Castello ministra hoje em Teresina a oficina Em busca do personagem: um olhar singular. Enquanto a turma aprende, discute, se diverte e escreve, o leitor fica com o relato do próprio Castello sobre como faz o que faz. A oficina se estrutura em torno de quatro momentos da prática do jornalismo cultural: a construção do projeto de reportagem, a construção da pauta, a arte da entrevista, o texto no jornalismo cultural. Depois da parte discursiva da oficina, Castello joga a turma para pesquisar e escrever. É sobre isso que ele fala nos parágrafos abaixo:

1. Exercício de projeto e pauta

“Relato a história do crime que o pintor Iberê Camargo cometeu na rua, em Botafogo — de repente, matou um desconhecido sem nenhum motivo aparente. Peço que os alunos redijam o projeto não de uma reportagem policial (quem matou, por que matou, como matou, etc), mas de uma reportagem cultural a respeito do tema. Desenvolvam o projeto e forneçam um esboço de pauta também. Projeto é a ”idéia” da reportagem. Pauta é o ‘como fazer’ essa idéia”.

2. Exercício de Entrevista

“Relato a visita que fiz, certa vez, à escritora Hilda Hilst , em Campinas, para fazer uma entrevista sobre literatura. E recordo como, nesse encontro, me defrontei com fatos– o interesse de HH pelo contato com os mortos e com os extraterrestes, sua fixação no pai morto, que a visitava, sua paixão mística por uma figueira centenária e por cachorros – que extrapolam minha pauta literária. Mas que motivavam uma pauta de cultura. Peço então que eles formulem dez ou doze perguntas para HH a respeito desse seu lado obscuro. O caso aqui é exercitar a capacidade de jogar uma pauta pré-concebida fora e se voltar para aquilo que é inesperado, singular. Mas também aquilo que exige do repórter coragem para correr riscos”.

 

vitoria_001

 

3. Exercício de texto

“Parto do lançamento de Leite Derramado, o novo livro livro de Chico Buarque. Mostro como, ainda hoje, e apesar de suas qualidades literárias, Chico tem sua imagem de escritor ofuscada pela do músico.Peço então que os alunos redijam um brevíssimo perfil do escritor Francisco Buarque — ignorando sua relação com a música e tratando Leite Derramado como seu primeiro livro. A idéia é ver como conseguem chegar a esse Chico desconhecido, que fica ‘recalcado’ sob a imagem do Chico músico e compositor”.

[José Castello]

Anúncios

2 thoughts on “Como se constrói uma oficina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s