De Cuiabá a São Luís, ou: um post mais ou menos culinário

De Cuiabá o que se conta é o seguinte: as palestras foram tão animadas que sobrou animação. Precisamente 1h30 de animação após o bate-papo, para mais papo com as palestrantes Laís Guaraldo e Vera Sala. O Sesc Arsenal estava cheio de artistas ligados à dança, o que ajudou a esquentar a conversa.

Cristina Espírito Santo, do núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, clicou tudo e abriu o jogo. “Na mesma noite estava rolando no Sesc um evento que acontece lá todas as quintas-feiras, uma feira de comidas típicas e artesanato chamada Bulixo”.

Festival de comidas típicas alimenta os ânimos da comitiva

Festival de comidas típicas alimenta os ânimos da comitiva

 

A interação com a cultura local

A interação com a cultura local

“O resultado”, Cris entrega, “foi que nossa comitiva caiu literalmente de boca nas delícias da terra, e nosso produtor executivo [Marcelo Monzani] não resistiu a um delicioso baião de dois”. 

A iguaria não sabia o que lhe aguardava

A iguaria não sabia o que lhe aguardava...

...ao cair nas mãos deste homem

...ao cair nas mãos deste homem

***

De baião de dois direto para arroz de cuxá. Nordeste, primeira parada: São Luís – MA. A chuva acabou reduzindo o público, mas não a animação da conversa com Gilbertto Prado, que fez a palestra de abertura.

Gilbertto Prado

Gilbertto Prado em ação

O dia seguinte foi de oficina, e o escritor e jornalista José Castello conta como foi:

“A princípio tive medo de pegar uma turma muito crua e ter que me deter em coisas muito básicas, mas isso não aconteceu. Era uma turma jovem e bastante esperta e atenta, com muitas e boas perguntas”.

Castello, na cantina da Faculdade São Luís, em companhia das alunas

Castello, na cantina da Faculdade São Luís, em companhia das alunas

“Essa oficina tem um foco, que é discurtir os problemas do jornalismo cultural contemporâneo e apresentar propostas para a prática jornalística. Eu trabalho com um programa dividido em quatro partes [onde são discutidos projeto de reportagem, pauta, entrevista e texto], mas gosto quando o programa se altera em função dos interesses dos alunos. E isso aconteceu, foi o diálogo com os participantes que encaminhou o rumo da oficina”.

Castello conta que, embora sempre ministre palestras em eventos sobre jornalismo cultural, como oficineiro costuma atuar mais no campo da literatura. “A grande experiência com oficina de jornalismo foi no próprio Rumos”, conta, referindo-se à experiência de laboratório que manteve ao longo do ano passado com os selecionados da última edição do Rumos Jornalismo Cultural.

Todos com a mão na massa

Todos com a mão na massa

“Em cada caso os participantes sempre demonstram muito entusiasmo. Sinto que há sempre um grande desejo das pessoas de refletirem criticamente sobre aquilo que elas fazem. E isso tem a ver com o objetivo da oficina, que não é ensinar, mas inquietar as pessoas. Fazer com que se posicionem contra a homogeneidade e a favor da singularidade. Arriscar, não aceitar o fácil. Eu tento mostrar a elas que um texto criativo é mais interessante que um texto bem feito”.

O saldo? “Acho que consegui deixar as pessoas mais agitadas”.

Agora à tarde ele ruma com parte da caravana para Fortaleza (CE), para agitar em outro sotaque. Ainda em São Luís, das 16h às 18h, acontece a palestra Processos de Criação na Dança, com Vanilton Lakka. A programação completa da semana você encontra aqui.

Anúncios

3 thoughts on “De Cuiabá a São Luís, ou: um post mais ou menos culinário

  1. essa comida “baião de dois” hum….que delicia!!!
    quero saber mais e mais novidades o que acontece nesse cuiaba ta certo??kakakaka
    bjssss

  2. Pingback: Em Manaus foi lindo, e a semana será «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s